Pós-Graduação em Tecnologia Ambiental

  Processo seletivo 2019


O Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Tecnologia Ambiental da Universidade Federal Fluminense foi criado no ano de 2012, sendo recomendado pela CAPES, em vinte e cinco de setembro de 2012. Em primeiro de janeiro de 2013, o programa iniciou suas atividades de pesquisa com a entrada de 10 (dez) mestrandos. A homologação do curso ocorreu por meio de publicação no Diário Oficial da União n.45, de nove de março de 2015, com a publicação da Portaria n.187, de seis de março de 2015, que reconheceu o curso de Pós-Graduação stricto sensu em Tecnologia Ambiental.

O programa tem a missão de formar pesquisadores com perfil interdisciplinar, capazes de atuar na prevenção e/ou na resolução de problemas ambientais que afetam a qualidade ambiental, a vida da sociedade e a sustentabilidade dos recursos naturais.

O corpo docente do programa é formado por pesquisadores de diferentes áreas de atuação como Ciências Exatas, Ciências da Terra e Ciências Humanas, que possuem o desafio da interdisciplinaridade para a geração de tecnologias ambientais sustentáveis.

Translate »